MOVIMENTO natura

APAE RONDON DO PARÁ
Saúde e Bem estar
Rondon do Pará - PA
A iniciativa é voltada para pessoas com deficiência, fornecendo atendimentos com fisioterapeuta, psicóloga, assistente social, fonoaudióloga e terapeuta ocupacional.
Conseguir doações para reformar a sede da instituição - PA
Orlando Antonio dos Santos
Quero Participar

Iniciativa

A APAE Rondon do Pará atende pessoas com deficiência intelectual e múltipla, realizando atendimentos com fisioterapeuta, psicóloga, assistente social, fonoaudióloga e terapeuta ocupacional.
 
Desafio: Conseguir doações para reforma da sede
 
COMO VOCÊ PODE COLABORAR
  • Divulgue: Faça essa história chegar mais longe! Compartilhe a iniciativa para seus familiares, amigos e nas redes sociais.
     
  • Ofereça o que você faz bem: Seja um voluntário digital e ofereça seu talento com apoio nas áreas em que você pode atuar de qualquer lugar do país, seja em comunicação, finanças, etc.
     
  • Participe: Sua presença nos eventos e mutirões fará a diferença!
     
  • Compartilhe suas ideias: Converse pelo fórum ou envie uma mensagem para o responsável pela APAE Rondon do Pará.
 
 

O que Fazemos

  • Oferecemos atendimento com fisioterapeuta, psicóloga, assistente social, fonoaudióloga e terapeuta ocupacional para pessoas com deficiência mental e múltipla
  • Oferecemos brinquedoteca
 

Nossos Desafios

  • Conseguir doações para reformar a sede da instituição
  • Mobilizar voluntários que auxiliem na captação de recursos e prospecção de novas parcerias
 

O que já conseguimos

  • Muitas famílias relatam melhoras significativas em seus filhos
CONHEÇA A INICIATIVA
 
Ao ver o número de pessoas que necessitavam de cuidados especiais no município de Rondon do Pará e constatar que não havia nenhuma instituição para ampará-los, o Consultor Natura Orlando Antônio dos Santos criou a APAE Rondon do Pará em 2006, onde hoje é o vice-presidente. A iniciativa atende pessoas com deficiência intelectual e múltipla, como síndrome de Down, deficiência mental, autismo e deficiência auditiva, realizando atendimentos com fisioterapeuta, psicóloga, assistente social, fonoaudióloga e terapeuta ocupacional, em sua maioria voluntários. Recentemente, a iniciativa  conseguiu também implantar uma brinquedoteca.
 
O grande desafio de Orlando é manter a instituição funcionando, pois os custos são altos e a arrecadação mensal não é suficiente para cobrir os gastos. Para arrecadar fundos, a iniciativa promove festas, feijoadas, brechós e rifas, e conseguiu o apoio do poder judiciário,  que converte o pagamento de multas por atos infracionais em benefício da instituição.
 
O sonho de Orlando é ver a sede da instituição totalmente construída e em pleno funcionamento, atendendo 100% do público. Hoje, embora a APAE Rondônia tenha 120 pessoas cadastradas, devido à falta de espaço consegue atender apenas 30 crianças.
 
Você gostou da ideia e quer ajudar? Esta é sua chance! Compartilhe essa iniciativa com seus amigos!
 

Quero Participar