MOVIMENTO natura

CAMINHO DOS LIVROS PELA FLORESTA AMAZÔNICA
Educação
Apuí - AM
O objetivo do projeto é montar minibibliotecas em pequenas escolas de comunidades isoladas do Sul do Amazonas.
Conseguir doações de livros de literatura infantil e juvenil - AM
Cristiane Vieira Maciel Silva
Quero Participar

Iniciativa

O projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica foi criado em 2016, com o objetivo de levar a leitura a crianças e adolescentes de comunidades tradicionais e isoladas no Sul do Amazonas. Para tornar esse objetivo realidade, a iniciativa vai contemplar pequenas escolas com doações de livros, para que elas possam montar minibibliotecas. Devido à distância e as dificuldades de acesso, as poucas escolas localizadas nessas comunidades não têm nenhum tipo de biblioteca. Na primeira fase, o projeto deve beneficiar 120 crianças.  
 
DESAFIO:
Arrecadar livros de literatura infantil e juvenil para montar pequenas bibliotecas em escolas de comunidades isoladas do Sul do Amazonas. As obras devem atender crianças de 6 a 15 anos. 
 
COMO VOCÊ PODE COLABORAR
  • Divulgue: Faça essa história chegar mais longe! Compartilhe a iniciativa para seus familiares, amigos e nas redes sociais.
     
  • Ofereça o que você faz bem: Seja um voluntário digital e ofereça seu talento com apoio nas áreas em que você pode atuar de qualquer lugar do país, seja em comunicação, finanças, etc.
     
  • Participe: Faça a sua doação, um livro pode fazer muita diferença nesse movimento. Se você tem livros de literatura infantil e juvenil que gostaria de doar, envie diretamente ao projeto:
Caminhos dos Livros pela Floresta
Av. Treze de Novembro, 891, Centro
Apuí (AM)
CEP: 69265-000
  • Compartilhe suas ideias: Converse pelo fórum ou envie uma mensagem para a responsável pelo projeto no e-mail: caminhodoslivros@hotmail.com.
 

O que Fazemos

O Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica foi oficialmente lançado em 15 de outubro de 2016, Dia do Professor, com o objetivo de arrecadar livros para montar minibibliotecas em pequenas escolas de comunidades ribeirinhas do Sul da Amazônia. A partir de dados da Secretaria Municipal da Educação, as responsáveis pelo projeto fizeram um mapeamento das escolas com maior dificuldade de acesso à cultura e aos livros. A partir desse levantamento, organizou a lista das instituições a serem beneficiadas. Os responsáveis passaram também a fazer palestras em escolas de Apuí (AM) para conscientizar e mobilizar educadores, estudantes e a comunidade.
 
“Escolhemos desenvolver este projeto com as crianças e jovens moradores das comunidades tradicionais do Sul do Amazonas elas são as mais carentes de ações educacionais. Apesar de existirem pequenas escolas em algumas dessas comunidades, nenhuma delas tem biblioteca”, explica Cristiane Vieira Maciel Silva, idealizadora do Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica.  
 
O projeto está em fase de arrecadação de livros e catalogação das obras que já foram recebidas. Na primeira etapa, a iniciativa deve beneficiar 120 crianças e jovens de 6 a 15 anos.
 

Nossos Desafios

_Firmar parcerias que permitam ao projeto ampliar sua divulgação e intensificar as campanhas de arrecadação de livros.
 
_Conseguir voluntários que possam se juntar ao projeto, fortalecendo as campanhas de arrecadação.
 
_Tornar o projeto mais conhecido na cidade e no estado, por meio de reportagens em blogs, emissoras de rádio e TV, sites e páginas nas redes sociais dedicados à educação e incentivo à leitura e a projetos de responsabilidade social.
 

O que já conseguimos

O projeto Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica nasceu em 2016, com a missão de levar a leitura a crianças e adolescentes moradoras de comunidades tradicionais localizadas no Sul do Amazonas, por meio da doação de livros a pequenas escolas dessas localidades. Devido à distância e à dificuldade de acesso, as poucas escolas da região não têm biblioteca.                                
 
O projeto arrecadará livros voltados ao público infanto-juvenil e promoverá a entrega das obras nessas escolas, proporcionando aos beneficiados ampliar seus horizontes e conhecimentos. “Trazer os livros para as crianças e jovens moradoras de comunidades tradicionais é trazer para as crianças da floresta a possiblidade de enxergar melhor o mundo, alimentar os sonhos e vislumbrar um futuro de possibilidades”, explica Cristiane Vieira Maciel Silva, idealizadora do Caminho dos Livros pela Floresta Amazônica. No momento, o projeto está recebendo e organizando as doações e espera beneficiar 120 crianças no próximo ano.  
 
Você pode ajudar esse projeto escrevendo para a Cristiane no e-mail caminhodoslivros@hotmail.com
 

Quero Participar