Movimento Natura

MOVIMENTO natura

MULHERES DE ATITUDE

Associação ajuda a conscientizar e fortalecer mulheres da Baixada Fluminense

imagem

Que tal inspirar mais gente com esta história?

O projeto de conscientização de mulheres fundado por Nilcimar Maria Santos de Souza nasceu, curiosamente, como uma escolinha de futebol. Nilcimar queria fazer um trabalho para sua comunidade, em Duque de Caxias (RJ), mas fugia de sua própria história. Vítima de violência doméstica, ela pretendia deixar o doloroso passado para trás, mas acabou descobrindo que justamente ela poderia ajudar muitas outras mulheres que passam pelo mesmo problema. “Eu percebi que contar minha história mudava outras histórias”, diz. Assim, o Centro Cultural Social Vila Alzira virou, em 2012, a Associação Mulheres de Atitude e Compromisso Social – AMAC.
 
A associação vem crescendo aos poucos. Em 2015, terá uma sede em espaço cedido pela Igreja Católica. Com a sede, poderão ser realizadas as oficinas de artesanato para capacitar cada vez mais mulheres. Hoje, o grupo conta com 30 associadas, das quais 20 são artesãs. A AMAC recebe 10% do que é arrecadado com a venda de artesanato, e o objetivo próximo é a criação, em janeiro de 2015, de uma rede municipal de artesãs. A existência sede também deve ampliar o número de reuniões feitas para dar apoio e conscientizar mulheres. Em 2014, esses encontros mensais aconteciam nas casas das associadas e em salas emprestadas por igrejas e postos de saúde, e reuniam entre 50 e 70 pessoas. O plano é expandir o trabalho de encontros e palestras para os municípios próximos, como Itaboraí e Campo Grande.

Além das reuniões, a AMAC participa de ações sociais com a Prefeitura de Duque de Caxias e a Cruz Vermelha, nas quais as pessoas podem tirar documentos, verificar a pressão, cortar o cabelo etc. A última dessas ações beneficiou cerca de 600 pessoas. A associação também participou da Primeira Caminhada do Outubro Rosa em Duque de Caxias, em apoio à luta contra o câncer de mama, que teve a presença de 700 pessoas. “Vimos que não precisa de muito para as ações acontecerem”, diz Nilcimar.

Em novembro, ela esteve no Reboot – Festival de Wikinomia, evento no Rio de Janeiro que teve como objetivo repensar as relações entre sociedade, economia e meio ambiente. Participar do Reboot foi muito importante, diz Nilcimar. “Nos deu a oportunidade de quebrar um conceito. Éramos a única organização da Baixada ali presente.” Depois de sua fala no Festival, diversas pessoas mostraram-se interessadas em conhecer mais sobre o projeto e a dele participar como voluntárias.

A AMAC conta também com a ajuda da Consultora Natura Orientadora (CNO) Rosana Joublot Tavares, que doa produtos Natura para os bingos e participa de reuniões da Associação para mostrar às mulheres como elas podem se tornar consultoras Natura. “Eu falo para elas sobre a Natura, sobre a oportunidade que elas têm de trabalhar e cuidar da casa e dos filhos ao mesmo tempo”, explica Rosana. “Sempre falamos muito sobre a importância do empoderamento financeiro, sobre como ele liberta as mulheres”, afirma Nilcimar.

Em dezembro de 2014, Nilcimar recebeu o Prêmio Honra Maria da Penha da Câmara Municipal de Duque de Caxias. “É o reconhecimento de que o nosso trabalho está sendo percebido, é um retorno de que estamos fazendo uma coisa séria, que somos vistos como referência no município”, diz ela. “O prêmio é para todas as mulheres.”
 

DO QUE PRECISAVAM
  • Psicólogos voluntários para orientar as participantes sobre violência doméstica.
  • Profissionais voluntários da área de recreação e dança para promover atividades nos eventos.
  • Promover oficinas de artesanato e dança.
  • Parcerias para fornecer vagas de emprego às mulheres das comunidades atendidas pelo projeto.
 
O QUE CONSEGUIRAM
  • Um espaço cedido pela paróquia de Vila Alzira para estabelecer uma sede.
  • Participaram da 1ª Caminhada do Outubro Rosa, em Duque de Caxias.
  • Realizaram palestras e encontros de conscientização com a presença de até 70 mulheres em cada evento.
  • Realizaram duas ações sociais em 2014, em praças de Duque de Caxias, em parceria com a Prefeitura e a Cruz Vermelha.
  • Participaram do Festival Reboot, no Rio de Janeiro.
  • Nilcimar recebeu o Prêmio Honra Maria da Penha pela Câmara Municipal de Duque de Caxias, oferecido pela Comissão dos Direitos das Mulheres.