MOVIMENTO natura

DOE SANGUE HOJE. DOE SEMPRE.

Dia 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue. Celebre esta data compartilhando vida.

imagem

Que tal inspirar mais gente com esta história?

Doar sangue pode salvar vidas. A transfusão de sangue é um recurso muito importante para intervenções médicas urgentes, tratamentos complexos e diversos procedimentos cirúrgicos.
 
Por isso, 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue. Instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2004, a data tem dois objetivos principais: conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue e agradecer os doadores pelo gesto de solidariedade.

 

Esteja presente para o outro

Doar sangue é um grande ato de generosidade que, durante todo o ano, no mundo inteiro, contribui com a saúde de milhões de pessoas. Cada doação reflete o cuidado com o outro e constrói laços sociais para uma comunidade mais unida.
 
Por esta razão, “Esteja presente para o outro. Doe sangue. Compartilhe vida” é o tema da campanha internacional promovida pela OMS neste ano (Awareness Days).
 

Junho Vermelho

Encorajar novos doadores, incentivar a doação regular e manter os estoques de sangue abastecidos são prioridades do Ministério da Saúde. Entretanto, menos de 2% da população brasileira doa sangue regularmente e, em 2018, muitos hemocentros em todo o País registraram queda no número de doações (Fonte: Governo Federal).
 
O estoque da Fundação Pró-Sangue (FPS) está 70% abaixo do nível desejado, segundo nota divulgada no dia 18 de maio. Criada em 1984, a FPS conta com postos fixos de coleta de sangue e é responsável por mais de 30% de todo o sangue consumido na Região Metropolitana de São Paulo.
 
Já a Hemorio, responsável pela distribuição de sangue em todo o estado do Rio de Janeiro, deu início à campanha "Junho Vermelho", com o objetivo de recuperar os estoques de sangue da instituição  (Fonte: G1). Para manter os estoques em níveis suficientes, é necessário coletar diariamente de 250 bolsas de sangue.
 
Segundo uma reportagem da BBC, a falta de conscientização e de informação é uma das razões pelas quais a doação de sangue ainda é pouco disseminada entre os brasileiros.
 

Compartilhe vida, doe sangue!

É importante lembrar a importância da doação e do gesto de compartilhar vida. Cada doação pode contribuir com até quatro pessoas e, em muitos casos, não há nenhum tipo de medicamento que possa substituir a transfusão de sangue.
 
Por isso, os serviços de hemoterapia buscam mobilizar a população durante períodos críticos, como férias e épocas de seca, para que os estoques não fiquem em baixa. Para contribuir, procure doar sangue antes de viajar ou de se vacinar contra a febre amarela, já que quem é vacinado contra esta doença deve esperar ao menos quatro semanas antes de fazer uma doação.
 
Compartilhe vida, doe sangue e colabore com o hemocentro mais próximo!


Como doar


De acordo com o Ministério da Saúde, 32 hemocentros coordenam 530 serviços de coleta distribuídos por todo o País, incluindo unidades móveis, pontos fixos de coleta e hospitais parceiros. (Fonte: Época)
 
Acesse a Lista de Hemocentros no Brasil do INCA, ou a página Hemocentros do Brasil da FPS para saber qual é o Hemocentro mais próximo e encontrar o serviço de coleta mais acessível.
 
Para doar, é preciso ter entre 16 e 69 anos, estar em boas condições de saúde e pesar no mínimo 50kg. Consulte os requisitos básicos para doação para mais informações. O alto rigor no cumprimento dessas normas visa oferecer segurança e proteção ao receptor e ao doador.
 
Doar sangue é simples e ajuda a salvar vidas. Seja um doador hoje, seja um doador sempre.