MOVIMENTO natura

ESPAÇO CULTURA DOM
Arte e Cultura
Varginha - MG
Há nove anos, o projeto oferece atividades extracurriculares (dança, capoeira, teatro etc.) em três comunidades carentes.
Conseguir apoio financeiro para comprar alimentos e materiais usados nos cursos e oficinas - MG
Apoliano Rios
Conheça essa iniciativa

Iniciativa

O Espaço Cultural DOM nasceu em 2007 da vontade de um grupo de amigos de contribuir para transformar a realidade de jovens e adultos carentes de Varginha (MG). Atualmente, o projeto funciona em três comunidades da cidade e atende cerca de 300 pessoas, de vários bairros, oferecendo a elas gratuitamente 13 atividades, como dança, capoeira, zumba, artesanato, inglês, karatê, balé e dança de ventre. 
 
DESAFIO:
Conseguir recursos financeiros para manter os custos fixos do projeto e comprar alimentos para o preparo dos lanches oferecidos diariamente aos alunos, além de uniformes e materiais usados nas atividades realizadas pela instituição.
 
COMO VOCÊ PODE COLABORAR
  • Divulgue: Faça essa história chegar mais longe! Compartilhe a iniciativa para seus familiares, amigos e nas redes sociais.
     
  • Ofereça o que você faz bem: Seja um voluntário digital e ofereça seu talento com apoio nas áreas em que você pode atuar de qualquer lugar do país, seja em comunicação, finanças, etc.
     
  • Compartilhe suas ideias: Converse pelo fórum ou envie uma mensagem para o responsável pelo projeto no e-mail: apolianorios@hotmail.com
 

O que Fazemos

Criado em 2007, o projeto social Espaço Cultural DOM atende 300 pessoas, de 3 a 50 anos, de bairros carentes de Varginha (MG), em 13 atividades (break, capoeira, dança de rua, zumba, artesanato, inglês, karatê, balé, violão, desenho e dança do ventre, entre outras), oferecidas gratuitamente. Como a iniciativa não tem sede própria, os cursos estão distribuídos por três comunidades (Centro, Jardim Mont Serrat e Vila Mendes), mas atende pessoas de quase todos os bairros da cidade. Cada aluno frequenta o projeto duas vezes por semana. Aos sábados, o projeto também organiza encontros e atividades abertos à comunidade.
 

Nossos Desafios

_Conseguir a doação de um terreno ou de um espaço que possa funcionar como sede do Espaço Cultural DOM. Como a iniciativa não tem um local próprio, as 13 atividades oferecidas gratuitamente à população estão espalhadas por três comunidades de Varginha (MG).
 
_Firmar parcerias com empresas ou comerciantes que possam fornecer parte dos alimentos usados no preparo dos lanches que são oferecidos diariamente aos alunos do projeto.
 
_Engajar voluntários para comandar cursos e oficinas no projeto (teatro, artesanato, dança e atividades esportivas, entre outras).
 
_Conseguir doações de uniformes para os 300 alunos do projeto.  
 
_Tornar o projeto mais conhecido na cidade e no estado, por meio de reportagens em blogs, emissoras de rádio e TV, sites e páginas nas redes sociais dedicados à inclusão social pelo esporte e o lazer e a projetos de responsabilidade social.
 

O que já conseguimos

O mineiro Apolonio Rios há muitos anos alimentava o sonho de ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Acredito que nós estamos nesse mundo para ajudar nossos semelhantes, principalmente os mais carentes”, diz ele. Com a ajuda de um grupo de amigos, ele criou o Espaço Cultura DOM, em 2007, para oferecer atividades recreativas e esportivas a pessoas carentes de todas as idades.
 
Hoje, a iniciativa atende cerca de 300 pessoas, de 3 a 50 anos, em 13 atividades (break, capoeira, dança de rua, zumba, artesanato, inglês, karatê, balé, violão, desenho e dança do ventre, entre outras), que são oferecidas gratuitamente em três comunidades de Varginha (MG): Centro, Jardim Mont Serrat e Vila Mendes. Atualmente, o Espaço Cultural DOM recebe pessoas de vários bairros da cidade e conta com a ajuda de 37 voluntários. Nesses nove anos de atuação, o projeto já beneficiou mais de 1.000 pessoas. “Nossa maior recompensa é saber que as pessoas que passaram pelo nosso projeto com certeza se tornaram cidadãos melhores e mais conscientes”, diz Apoliano.
 
Você pode ajudar esse projeto escrevendo para o Apoliano no e-mail apolianorios@hotmail.com.
 

Conheça essa iniciativa